Carros hatch: quais são os principais modelos vendidos no Brasil

Os hatches já viveram dias melhores, mas ainda dominam as vendas no Brasil. Parte do sucesso se deve ao fato deles estarem entre os modelos mais baratos do país.

Nos últimos meses a categoria sofreu baixas importantes: Nissan March, Ford Ka e Toyota Etios deixaram de ser produzidos no Brasil. Mas o segmento ainda conta com nomes de peso, como Hyundai HB20, Volkswagen Gol e o líder absoluto Chevrolet Onix.

A seguir, UOL Carros traz todas as opções de hatches nacionais ou de países com os quais o Brasil possui acordos comerciais. Os valores foram pesquisados em abril de 2021 e são válidos para o estado de São Paulo.

Todos os hatches nacionais vendidos no país

  • Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Chevrolet Cruze Sport6
    O sucesso dos SUVs compactos sacramentou o fim de quase todos os hatches médios do Brasil. Modelos como Citroën C4, Ford Focus e Volkswagen Golf saíram de cena diante de vendas cada vez mais baixas.


    O Cruze Sport6 é o único remanescente da categoria. Disponível em três versões de acabamento (LT, LTZ e Premier) e exclusivamente com câmbio automático de seis marchas, o carro segue o pacote de equipamentos do sedã. Dele vem também o design frontal, que foi repaginado no final de 2018. Todas as configurações saem de fábrica com o possante motor 1.4 turbo, que rende até 154 cv com etanol no tanque.

    Motorizações: 1.4 turbo (154 cv / 150 cv)
    Transmissões: automática de 6 marchass
    Versões: LT, LTZ e Premier
    Preço (em SP): de R$ 116.530 (LT) a R$ 140.790
  • Marcos Camargo/UOL
    Imagem: Marcos Camargo/UOL

    Chevrolet Joy
    Por trás do nome diferente está o antigo Onix. A estratégia é a mesma utilizada por várias montadoras: reposicionar o modelo defasado como opção de entrada sem atrapalhar as vendas da nova geração.

    O Joy está à venda apenas na versão Black, mas ele perde competitividade pela proximidade de preço com as versões mais baratas do Onix. O motor é o conhecido 1.0 de quatro cilindros, que entrega até 80 cv com etanol. A única opção de transmissão é a manual de seis velocidades.

    Motorizações: 1.0 aspirado (80 cv / 78 cv)
    Transmissões: manual de 6 marchas
    Versões: BlackPreço (em SP): R$ 58.580

  • Chevrolet Onix
    O Chevrolet Onix é um sucesso absoluto. Nenhum outro carro vendeu mais do que ele nos últimos cinco anos. Isso faz dele uma opção muito confiável para quem compra um veículo pensando na revenda.

    Essa, porém, não é sua única virtude. Na nova geração, o hatch ganhou refinamento e conteúdo. Todas as versões disponíveis saem de fábrica com 6 airbags e controles de estabilidade e de tração, itens raros na categoria. Há duas opções de motorização: 1.0 aspirado e 1.0 turbo (até 116 cv).

    Motorizações: 1.0 aspirado (82 cv / 78 cv) / 1.0 turbo (116 cv)
    Transmissões: manual de 6 marchas / automática de 6 marchas
    Versões: MT, LT, LTZ, RS e Premier
    Preço (em SP): de R$ 61.090 (MT) a R$ 82.290
  • Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Fiat Argo
    Lançado em 2016, o Fiat Argo aposentou Palio e Punto de uma vez só. Bonito e espaçoso, o hatch está disponível nas versões 1.0, Drive, Precision, HGT e Trekking.

    São três motorizações: 1.0 de três cilindros, 1.3 de quatro cilindros e 1.8 16V. O hatch pode ser encomendado com câmbio manual de seis marchas (nas versões com motores 1.0 e 1.3) e automático de seis marchas (apenas nas configurações com motor de 1,8 litro).

    Motorizações: 1.0 aspirado (77 cv / 72 cv) / 1.3 aspirado (109 cv / 101 cv) / 1.8 16V (139 cv / 135 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas (1.0 e 1.3) / automático de 6 marchas (1.8)
    Versões: 1.0, Drive, Precision, Trekking e HGT
    Preço (em SP): de R$ 61.840 (1.0) a R$ 87.682
  • Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Fiat Mobi
    Derivado do Uno, o Fiat Mobi nasceu para ser o carro mais acessível da marca. O modelo é oferecido em três versões de acabamento: Easy, Like e Trekking. No ano passado, o Mobi passou por uma discreta atualização visual e ganhou a nova identidade da marca.

    A motorização é a conhecida Fire 1.0 de 75 cv / 73 cv, associada ao câmbio manual de cinco marchas. Espaço interno não é o forte do Mobi, cujo porta-malas tem apenas 235 litros. Na versão Trekking, o hatch pode vir com a moderna central multimídia UConnect com espelhamento sem fio.

    Motorizações: 1.0 aspirado (77 cv / 72 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas
    Versões: Easy, Like e Trekking
    Preço (em SP): de R$ 44.371 (Easy) a R$ 53.042
  • Marcos Camargo/UOL
    Imagem: Marcos Camargo/UOL

    Fiat Uno
    O Fiat Uno é o hatch mais antigo do mercado brasileiro. Lançado em 2009, ele já passou por duas reestilizações e segue em linha como opção mais espaçosa ao Mobi.

    Hoje ele está disponível em três versões de acabamento: Attractive, Drive e Way. O hatch tem duas motorizações: o veterano 1.0 Fire de quatro cilindros em linha e o 1.3 Firefly de até 109 cv. A transmissão manual de cinco marchas é a única opção disponível na gama.

    Motorizações: 1.0 aspirado (77 cv / 72 cv) / 1.3 aspirado (109 cv / 101 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas
    Versões: Attractive, Drive e Way
    Preço (em SP): de R$ 56.963 (Attractive 1.0) a R$ 64.932 (Way 1.3)
  • Murilo Góes/UOL
    Imagem: Murilo Góes/UOL

    Hyundai HB20O
    Hyundai HB20 pode não ter agradado a todos na segunda geração, mas fato é que o modelo se manteve firme e forte na vice-liderança das vendas. Motivos para isso não faltam: virtudes como a boa dirigibilidade e a qualidade de construção foram preservadas.

    A Hyundai vende o HB20 em cinco versões de acabamento: Sense, Vision, Evolution, Diamond e Diamond Plus. São três variações em cima do hatch: o HB20 ?convencional?, a configuração Sport e o aventureiro HB20X. O modelo oferece a maior gama de motorizações entre os hatches: 1.0 aspirado, 1.0 turbo e 1.6 16V. Elas podem ser combinadas com transmissões manual de cinco ou seis velocidades ou automática de seis marchas.

    Motorizações: 1.0 aspirado (80 cv / 75 cv) / 1.6 16V (130 cv / 123 cv) / 1.0 turbo (120 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas (1.0) / manual de 6 marchas (1.6 16V) / automática de 6 marchas (1.0 turbo)
    Versões: Sense, Vision, Evolution, Sport, Diamond e Diamond Plus
    Preço (em SP): de R$ 57.890 (Sense) a R$ 87.190
  • Murilo Góes/UOL
    Imagem: Murilo Góes/UOL

    Peugeot 208
    O descolado 208 estreou em 2020 com o mesmo visual do ?primo? europeu. Dele também veio a moderna plataforma CMP, que pode servir a vários modelos da Stellantis. No Brasil, o hatch é vendido em quatro versões de acabamento: Like, Active, Allure e Griffe.

    A lista de equipamentos também chama atenção, com direito a exclusividades com o painel de instrumentos com efeito 3D. Faltou apenas um motor mais moderno. Em vez de trazer o 1.2 turbo disponível na Europa, a Peugeot manteve o veterano 1.6 16V da geração anterior. O 208 pode ser adquirido com câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades.

    Motorizações: 1.6 16V (118 cv / 115 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas / automático de 6 marchas
    Versões: Like, Active, Allure e Griffe
    Preço (em SP): de R$ 67.690 (Like MT) a R$ 96.990
  • Murilo Góes/UOL
    Imagem: Murilo Góes/UOL

    Renault Kwid
    O modelo de entrada da Renault é oferecido em três versões de acabamento: Life, Zen e Intense. Todas saem de fábrica com uma versão simplificada do motor 1.0 de três cilindros do Sandero, que entrega 70 cv.

    O Renault Kwid é vendido com airbags laterais dianteiros em todas as versões. A configuração mais cara vem ainda com central multimídia e câmera de ré, itens vendidos como opcionais na maioria dos hatches.

    Motorizações: 1.0 aspirado (70 cv / 66 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas (1.0)
    Versões: Life, Zen e Intense
    Preço (em SP): de R$ 42.090 (Life) a R$ 51.790
  • Murilo Góes/UOL
    Imagem: Murilo Góes/UOL

    Renault Sandero/Stepway
    O Sandero é um dos maiores sucessos da história da Renault no país. Mesmo assim, sua gama de versões ficou mais enxuta.

    Hoje ele é vendido apenas na versão Zen e somente com o motor 1.0 SCe de até 82 cv. Existe ainda o esportivo R.S. (movido pelo 2.0 16V de 150 cv) e o aventureiro Stepway, nas configurações Zen e Iconic e com o motor 1.6 16V SCe que rende até 120 cv. Em comum, todos têm duas características presentes desde a estreia do carro: o acabamento de qualidade regular e o amplo espaço interno.

    Motorizações: 1.0 aspirado (82 cv / 79 cv) / 1.6 16V (120 cv) / 2.0 aspirado (150 cv / 145 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas (1.0) / manual de 6 marchas (R.S 2.0) / CVT (1.6)
    Versões: Zen e R.S. (Sandero), Zen e Iconic (Stepway)
    Preço (em SP): de R$ 64.690 (Sandero Zen 1.0) a R$ 89.690 (Stepway Iconic 1.6 CVT)
  • Murilo Góes/UOL
    Imagem: Murilo Góes/UOL

    Toyota Yaris
    Sem o Etios, o Yaris se tornou o único hatch vendido pela Toyota no Brasil. Disponível em seis versões de acabamento, o carro pode ser encomendado em duas motorizações.

    O motor 1.3 16V de até 101 cv está presente na configuração XL Live, enquanto o motor 1.5 16V de 110 cv equipa as versões XL Plus Connect, XS Connect, S, X-Way Connect e XLS Connect. O Yaris é vendido com transmissão do tipo CVT em quase todas as versões, com exceção da configuração de entrada, que vem com câmbio manual.

    Motorizações: 1.3 16V (101 cv / 94 cv) / 1.5 16V (110 cv / 105 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas / CVT
    Versões: XL Live, XL Plus, XL Connect, XS Connect, S, X-Way Connect e XLS Connect
    Preço (em SP): de R$ 68.490 (XL Live) a R$ 93.990 (XLS Connect)
  • Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Volkswagen Fox
    O Fox estreou em 2003 e já passou por três reestilizações. Há quem diga que ele pode sair de linha em breve, mas por enquanto não há nada confirmado.

    Hoje, o Fox é oferecido nas versões Connect e Xtreme. Existe apenas uma opção de motorização: a veterana 1.6 de oito válvulas que entrega até 104 cv.

    Desde seu lançamento, o modelo é uma opção interessante para quem precisa de espaço interno. Mas o projeto anacrônico e o excesso de opções mais modernas e interessantes na categoria atrapalham as vendas.

    Motorizações: 1.6 (104 cv / 101 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas
    Versões: Connect e Xtreme
    Preço (em SP): R$ 58.190 (Connect) e R$ 64.190 (Xtreme)
  • Murilo Góes/UOL
    Imagem: Murilo Góes/UOL

    Volkswagen Gol
    O veterano ainda é um dos modelos mais importantes da Volkswagen no mercado nacional. E é o mais vendido também: no ano passado, o Gol foi o 4º modelo com maior número de emplacamentos no Brasil.

    Atualmente, o hatch está disponível em três motorizações: 1.0 de três cilindros, 1.6 de oito válvulas e 1.6 de 16 válvulas. Um dos trunfos do Gol é ser um dos carros automáticos mais baratos do país. Foi a oferta da transmissão, inclusive, que o fez vender tão bem.

    Motorizações: 1.0 aspirado (84 cv / 75 cv) / 1.6 (104 cv / 101 cv) / 1.6 16V (120 cv / 110 cv)
    Transmissões: manual de 5 marchas (1.0 e 1.6) / automático de 6 marchas (1.6 16V)
    Versões: 1.0 e 1.6
    Preço (em SP): de R$ 57.030 a R$ 63.930
  • Murilo Góes/UOL
    Imagem: Murilo Góes/UOL

    Volkswagen Polo
    O Volkswagen Polo voltou em grande estilo ao mercado brasileiro em 2017. Feito sobre a versátil plataforma modular MQB, o hatch trouxe design mais moderno e equipamentos de categoria superior.

    Na linha 2021, o compacto está à venda em cinco versões: 1.0 MPI, 1.6 MSI, Comfortline, Highline e GTS. São três opções de motorização: 1.0 aspirada, 1.0 turbo, 1.6 16V e 1.4 turbo, esta última disponível apenas no esportivo GTS. As versões 1.0 MPI e 1.6 MSI podem vir com câmbio manual de seis marchas, enquanto as demais estão disponíveis apenas com transmissão automática de seis velocidades.

    Motorizações: 1.0 aspirado (84 cv / 75 cv) / 1.6 16V (117 cv / 110 cv) / 1.0 turbo (128 cv / 116 cv) / 1.4 turbo (150 cv)
    Transmissões: manual de 6 marchas (1.0 e 1.6) / automático de 6 marchas (1.0 turbo, 1.6 e 1.4 turbo)
    Versões: 1.0 MPI, 1.6 MSI, Comfortline, Highline e GTS
    Preço (em SP): de R$ 63.490 (1.0 MPI) a R$ 114.890 (GTS)

Conteúdo UOL

//

Newsletter