Telefones:
(11) 2737-9059
(11) 9 - 4988-8888 Vivo / (11) 9 - 9179-7171 Claro

Dicas


Tire dúvidas sobre os cuidados com o banco de couro do seu carro
O interior de um veículo é pensado nos detalhes, desde a funcionalidade, passando pelas cores até chegar ao conforto proporcionado. O estofamento leva em consideração o gosto do público brasileiro, geralmente mais discreto nas tonalidades. Na confecção do design de um banco são considerados a estatura, porte físico e demais atributos para se trabalhar com uma média, cuja finalidade é proporcionar a condição mínima para se dirigir um automóvel.Foto: Divulgação Estofamento de couro requer cuidados especiais
Isso, mesmo assim, provoca em determinados modelos, geralmente nas versões mais populares, alguns desconfortos em certos condutores, pois aqueles de estatura baixa podem não se sentir seguros em termos de visualização. Já os motoristas mais altos podem se sentir sufocados ou apertados dentro de um carro popular..

Para minimizar esse desconforto, alguns modelos contam com opcionais para sanar essas dificuldades. A regulagem de altura do banco, por exemplo, a regulagem de altura e profundidade do volante, são recursos para conseguir atender a todas as necessidades. O problema é que muitos desses atributos só estão disponibilizados em versões mais caras.

Por outro lado, no momento da compra de um carro novo, o proprietário se depara com um dilema. Vale apena contar com esses recursos? A resposta sempre será a seguinte: vale sim, mas quem pode responder isso à altura, literalmente, é o próprio motorista.Foto: Divulgação Estofamento de couro requer cuidados especiais
Outra dúvida que paira no ar quando o assunto é conforto: bancos de couro. Afinal, vale mesmo a pena desembolsar alguns reais a mais para ter esse estofamento? Essa resposta vai depender muito mais do gosto, pois o estofamento de couro é mais confortável sim, não resta dúvida, além disso confere requinte e elegância ao automóvel.

Essa também é uma peça que pode ser substituída depois que o carro saiu da concessionária, pois não interfere na garantia do automóvel e agrega valor ao automóvel da mesma maneira, principalmente na hora de revender. Além disso, se pode optar por um modelo bem ao gosto do cliente e também mais em conta, algo entre 20% a 30% menos. Prova disso é movimento nas empresas especializadas.

Contudo, vale lembrar, que os bancos de couro exigem cuidados especiais, como por exemplo a aplicação de um hidratante especial, cuja finalidade é evitar que o estofamento sofra rachaduras. Essa aplicação deve ser feita a cada três meses. Por outro lado, a grande vantagem do estofamento de couro está na limpeza, muito mais prática se comparada ao estofamento de tecido. Os especialistas afirmam que o uso do silicone, muito comum principalmente em lava-rápidos, não é nada bom para os bancos de couro. Assim, fique atento.

Para todos os fins, seguem algumas dicas para limpeza dos bancos e forrações, tanto de tecido como couro.

A limpeza interna, além de dar um aspecto agradável também é importante para a saúde. Procure fazer uma aspiração, que incluir além do carpete, o estofamento também. Esse serviço deve feito por pelo ao menos duas vezes por mês.
Se o estofamento for revestido de couro, não deixe de aplicar um tratamento de creme a cada três meses. Desse modo é possível manter o couro hidratado, além de evitar que se rasgue...

Para manter o interior como se fosse novo, principalmente no que diz respeito aos bancos, é necessária uma limpeza mais severa, pelo ao menos uma vez ao mês.Nesse caso, a primeira dica é usar o mínimo possível de água, pois as espumas, principalmente nos modelos de tecido, absorvem facilmente o líquido. Quando isso ocorre fica difícil secar as peças por completo.

O ideal, ao menos uma vez por ano, é fazer uma lavagem do estofamento a vapor. Pode ter certeza que muda radicalmente o aspecto e até mesmo o cheiro do interior do automóvel.

A maioria das manchas pode ser removida. Embora existam soluções mágicas, algumas realmente eficazes, prefira sempre água e sabão neutro, ao menos para iniciar a limpeza.

Para remover líquidos oleosos e gordurentos, antes de mais nada é preciso remover o excesso, para dar inicio a limpeza. Nesse caso passe um pano limpo umedecido com um pouco de benzina liquida. Mas lembre-se, um pouco apenas e somente na área afetada. (Fonte - g1.com)





Dicas anteriores - Ver todas

29/09/2008 04:44:49
Escolha do pneu certo - Saiba tudo sobre pneus.

28/09/2008 19:22:09
Falta de combustível

28/09/2008 19:28:49
Neblina, atenção!

21/08/2008 23:39:03
Bancos de couro - saiba como cuidar do banco de couro do seu carro

04/08/2008 18:00:03
Tampas - Também necessitam de manutenção.