FAQ - PERGUNTAS E RESPOSTAS

Tire suas dúvidas referente ao seguimento Frotista.

Estes tipos de Vendas são similares e tratam-se de um sistema de comercialização de bens de consumo, onde consumidor final negocia a aquisição do bem, através da Concessionária, que é sua representante legal e intermediadora da marca, a compra do veículo(s), e/ou, moto(s) e/ou caminhão(ões) diretamente com a fábrica a qual emitirá a NF de venda.

Onde entramos?

O Portal Frotista esta ligado e AUTORIZADO por grandes Grupos de Concessionárias a executar esta intermediação através das mesmas.

A principal vantagem da compra através da VENDA DIRETA é que em muito modelos a Indústria Automobilística oferece um desconto maior em relação aos veículos de estoque da Concessionária, que varia de acordo com a Montadora e a política comercial adotada por cada uma, tendo em vista o modelo do veículo, quantidade a ser adquirida, histórico de compras, frota atual, tipo de PJ, dentre outros fatores.

Em alguns casos, os descontos podem atingir o percentual de 25% a 30% sobre o valor da Tabela Pública, outra vantagem é que poderá escolher o(s) carro(s) de acordo com suas necessidades, optando, ou, não por opcionais.

Quando o desconto não é tão significativo, trabalhamos com o estoque dos Concessionários para oferecer melhores condições a nossos Clientes.

Qualquer estabelecimento e profissionais liberais que possuam CNPJ, mesmo sem possuir ainda veículos em seu nome, além de determinadas categorias como, Produtores Rurais, Auto-Escolas, Programa Mais Alimentos, Sindicatos, Associações, Embaixadas, Elegíveis, Taxistas, UBER, Aplicativos, Portadores de necessidades Especiais (PNE), Vips, Sorteios, Elegíveis, etc. No caso de algumas Montadoras importadas  é exigido um certo número de veículos em nome da PJ para que a compra possa se concretizar!

Atualmente mais de 30% das vendas de carros zero feitas no Brasil são para pessoas jurídicas, mesmo assim, muitas pessoas que têm um CNPJ, por falta de informação, acabam não tomando conhecimento dos descontos e as outras vantagens de comprar carro como frotista. Consulte-nos!

Ou seja, você pode ser um Microempreendedor Individual (MEI), Microempresário (ME), ou, apenas um Profissional Liberal, com firma aberta, o benefício é oferecido a todos que possuem CNPJ, independente da data da abertura e que compre um único veículo, e em alguns casos, pode ser até Pessoa Física, como na FORD.

O benefício oferecido na venda direta não é uma isenção fiscal (como acontece com taxistas e deficientes físicos, por exemplo), mas sim um desconto oferecido pela montadora, para estimular essa modalidade de negociação

No caso de lançamentos não há descontos, ou, os mesmos não são muito significativos, pois, as Montadoras precisam, primeiramente, atender à demanda das Concessionárias. Só depois que as vendas estiverem estabilizadas é que são oferecidas as condições especiais para frotistas, assim como, para veículos Tops, da linha Premium, nestes casos, trabalhamos com os estoques das Concessionárias que atuamos.

As Montadoras não aprovam pedidos de Revendedores e de toda e qualquer empresa que em seu Contrato Social constar: Comércio de veículos e/ou motos e/ou caminhões, novos ou usados.

Em média de 30 à 90 dias, ou seja, um tempo médio de 40 a 45 dias, porém, os faturamentos podem ocorrer também em 07 dias, ou, mesmo, sofrer uma demora de até 180 dias, dependerá muito do estoque veiculo, modelo, tipo de cliente e demanda no momento.

O desconto de CNPJ varia, atualmente, de 2,5% a 30% do valor do veículo, dependerá da Montadora e do modelo.

Entrando em contato com o PORTAL FROTISTA que intermediará a(s) aquisição(ões) através de suas Concessionárias Parceiras e onde o percentual de desconto é altamente atrativo e acima do mercado, além de possuir uma equipe de profissionais altamente especializados no mercado de vendas diretas, preparados para fornecer os veículos e projetos específicos para a frota de sua Empresa, além de todos os esclarecimentos necessários, conduzindo o processo desde a colocação do pedido junto a(s) Montadora(s) escolhida(s), até o acompanhamento da entrega final pelas Concessionárias, em qualquer lugar do Brasil, atendendo plenamente as suas necessidades, rapidamente e sem burocracias.

Simples, Rápido e Fácil!

É simples!

Para fazer o pedido caso não seja cadastrado, ou, não adquiriu veículo no último ano, basta enviar-nos por email mesmo: Contrato Social, ou, Requerimento de Empresário, Cópia do Cartão do CNPJ e Sintegra (Caso possua), CPF e RG, ou, CNH de quem faz parte do Contrato Social e assinou o Pedido e o Pedido oficial da Montadora que lhe enviaremos e onde constará todas as condições da venda.

As Montadoras exigem tudo isto para comprovar a sua ligação com a empresa e lhe cadastrar, e assim, evitar fraudes.

Todas essas informações são enviadas e submetidas à aprovação da Montadora, que analisa o seu pedido e se a sua empresa está em conformidade com a lei, sendo aprovado, o veículo é faturado em poucos dias, caso haja no estoque da Montadora, ou, você entrará na fila de produção.

Por tratar-se de veículo adquirido em condição especial através da venda direta e destinar-se a atividade profissional, ou, ativo Imobilizado do Cliente nos termos do artigo 301 do regulamento do Imposto de Renda.

O Cliente só poderá transferir o mesmo, após o prazo de 180 (Cento e oitenta dias) a 365 (Trezentos e sessenta e cinco dias) dependendo do Estado e de algumas Montadoras, contados a partir da data do faturamento do mesmo. 

O não cumprimento dessa determinação implicará no bloqueio da Empresa na aquisição de novos veículos por tempo indeterminado, além de estar implicando em um desvio de impostos, onde o governo entende como evasão de dívidas podendo ser penalizado com multa pelo fisco Estadual e Federal e estará prejudicando também o Concessionário intermediador, uma vez que sua comissão será estornada.

Os que possuem isenção de IPIDois anos e ICMS e IPI: Quatro anos.

Sim, a forma de pagamento poderá ser feito através de uma Instituição FinanceiraBanco, ou, Consórcio, desde que o mesmo esteja em nome da PJ, no caso de optar por Financiamento o ideal é verificar primeiro com seu Banco, em caso de negativa, dificilmente os Bancos das Montadoras aprovarão o crédito, além disto existem certas condições nas Instituições Financeiras das Montadoras, tais como: A Empresa deverá ter no mínimo três a quatro anos de funcionamento e não possuir nenhum apontamento, nem em seu nome e tão pouco dos sócio(s). Estando com a ficha aprovada em ambos os casos, Financiamento, ou, Consórcioo Cliente deverá enviar-nos a autorização do faturamento emitida por um deles antes do faturamento. No caso de PCD, o veículo poderá também ser financiado.

O pagamento deverá ser feito diretamente e exclusivamente a Montadora escolhida, após a emissão da NF e boleto bancário pela mesma, ou, excepcionalmente em depósito (TED) em sua conta corrente, os quais lhe enviaremos assim que ocorrer o faturamento.

O pagamento feito a qualquer outra pessoa física, ou, jurídica, inclusive o próprio Concessionário de entrega do veículo, não será reconhecido como válido para a Montadora e pelo Portal Frotista.

Caso seu CNPJ esteja localizado em São Paulo, ABCD, poderemos estudar.

A entrega do KIT Despachante e do Veículo está diretamente vinculada ao pagamento integral do mesmo e só poderá ser entregue ao cliente após o financeiro da Montadora confirmar o recebimento de tal montante, o que ocorre em no máximo dois dias úteis, caso seja pago através do boleto, ocasião em que poderá agendar a entrega diretamente com a Concessionária onde encontra-se o veículo.

O pagamento fora do prazo acordado poderá acarretar: A redução do desconto, multa, e juros dependendo de cada Montadora.

O Frete até o Concessionário onde irá retirar o veículo será sem custos.

Na maioria dos casos, o Portal Frotista é remunerado diretamente pelo concessionário da marca a qual representa.

PCD OU PNE - Perguntas e Respostas:

O Veículo sómente poderá ser comercializado para os que possuem isenção de IPI, depois de 2 (Dois) anos e IPI e ICMS 4 (Quatro)anos da aquisição.

Atualmente entre 30 (Trinta) a 90 (Noventa) dias, podendo chegar em 180 (Cento e oitenta) em determinados modelos.
 
De acordo com a lei, apenas veículos com Tabela Pública no valor até R$ 70 mil reais, fabricados no Brasil ou nos países ligados ao Mercosul conseguem a isenção de IPI e do ICMS.
Os carros de valor superior ao teto só contam com o desconto do IPI. A isenção do IOF é exclusiva para quem tem deficiência física.

SIM, há Montadoras que oferecem descontos significativos, além dos já oferecidos pela lei, Consulte-nos!

As pessoas com deficiência (PCD) devem ficar atentas quanto à utilização de um veículo 0 km adquirido com isenção de impostos. Conforme determina a Lei nº 8.989, de 1995, atualmente prorrogada pela Lei 13.146/2015, art. 77, o consumidor deficiente que usufruiu dos benefícios cedidos pelo governo tem o direito de adquirir um novo veículo somente após dois ou três anos da aquisição do primeiro, sendo que o mais velho não precisa necessariamente ser passado para frente depois da compra de um novo modelo.

Caso o beneficiário queira vender um automóvel adquirido com isenção de IPI em menos de dois anos ou com isenção de ICMS em menos de quatro anos, ele deverá pagar todos os impostos que teve isenção no momento da aquisição do veículo. Estes impostos serão pagos com atualização monetária e acréscimos legais desde a data de aquisição do bem.

FÍSICAS

A pessoa com alteração completa ou parcial de um ou mais membros do corpo, acarretando no comprometimento da função física. Exceção: deformidades estéticas ou que não produzam dificuldades para o desempenho de funções.

VISUAL

Aquelas que apresentarem acuidade visual igual ou menor que 20/200 (tabela de Snellen) no melhor olho após a melhor correção, campo visual inferior a 20º ou ocorrência simultânea de ambas as situações.

MENTAL SEVERA OU PROFUNDA, OU A CONDIÇÃO DE AUTISTA

Aquelas que apresentarem os critérios e requisitos definidos pela Portaria Interministerial SEDH/MS nº 2/2003

Para ter este direito, a pessoa com necessidade especial ou mobilidade reduzida precisa possuir a Carteira Nacional de Habilitação Especial (CNH) que começa por processo de perícia junto às clínicas credenciadas ao Detran, para então avaliar se a patologia enquadra-se na legislação vigente para compra de veículos com isenções* de IPI, ICMS*, IPVA* e IOF.

*Isenções de ICMS e IPVA para veículos de até R$ 70.000,00 ou conforme legislação.

(Resumo: Para ter direito aos benefícios fiscais é necessário ter a Carteira Nacional de Habilitação Especial. O documento é emitido após consulta clínica e emissão de laudo médico pelo DETRAN.)

Pessoas com deficiência física, visual, mental severa ou profunda ou autistas, ainda que menores de 18 anos, poderão adquirir um veículo, diretamente ou por intermédio de seu representante legal, com Isenções* de IPI, ICMS*, IPVA* e IOF.

É necessário a avaliação do serviço médico credenciado ao SUS (Sistema Único de Saúde), que em laudo médico (modelo específico encontrado no Site da Receita Federal), irá detalhar o tipo da deficiência e CID (Código Internacional da Doença). Na sequência, documentos pessoais serão anexados juntos de requerimentos para encaminhamento de pedido das isenções junto aos órgãos competentes.

(Resumo: O acesso ao benefício é concedido por meio de avaliação médica realizada em clínica conveniada ao DETRAN.)

Algumas das patologias que poderão ter direito a este benefício (conforme avaliação de laudo médico e legislação vigente).

  • Amputações
  • Artrite reumatoide
  • Artrodese
  • AVC (com sequelas físicas)
  • AVE (acidente vascular encefálico, com sequelas físicas)
  • Alguns tipos de câncer (com limitação de membros)
  • Doenças degenerativas
  • Encurtamento de membros e más-formações (sob consulta)
  • Esclerose múltipla (com deficiência)
  • Escoliose acentuada
  • LER (lesão por esforço repetitivo, com limitação de membros)
  • Lesões com sequelas físicas
  • Manguito rotador
  • Mastectomia (retirada da mama)
  • Nanismo (baixa estatura)
  • Paralisia
  • Paraplegia
  • Parkinson
  • Próteses internas e externas. Ex.: joelho, quadril, coluna etc
  • Problemas na coluna (com limitação)
  • Quadrantomia (relacionada ao câncer de mama)
  • Renal crônico (com uso de fístula)
  • Síndrome do túnel do carpo
  • Tendinite crônica
  • Tetraparesia
  • Tetraplegia

Passos para adquirir um Veículo PCD:

Reúna todos os exames médicos que comprovam a sua patologia e um relatório assinado pelo médico responsável concluindo o diagnóstico.

Leve os documentos ao médico do SUS ou do DETRAN para emitir dois laudos: um para isenções fiscais e o outro para a emissão da CNH Especial (somente para condutores).

OBS: procure uma clínica credenciada ao DETRAN

Leve os documentos ao médico do SUS ou do DETRAN para emitir dois laudos: um para isenções fiscais e o outro para a emissão da CNH Especial (somente para condutores).

OBS: procure uma clínica credenciada ao DETRAN

Com tudo isso em mãos, você pode solicitar as isenções fiscais sobre seu veículo. Para o IPI e IOF, vá à Delegacia Regional da Receita Federal mais próxima de sua casa com os seguintes documentos:

DOCUMENTOShttp://receita.economia.gov.br/interface/lista-de-servicos/isencao/deficiente-autista

Compareça ao posto fiscal da Secretaria da Fazenda mais próximo do seu endereço com os documentos referentes ao ICMS.

Esta isenção só será encaminhada quando o veículo estiver devidamente documentado em nome da Pessoa com Deficiência. Compareça ao posto fiscal da Secretaria da Fazenda do seu local de residência

Pessoas com Deficiência podem rodar todos os dias com seu veículo, independente do rodízio de placas. Na cidade de São Paulo, o cadastramento é feito junto à CET.
Procure um posto de atendimento próximo de sua região de residência

Contamos com Despachantes e Auto-Escolas que poderão lhes ajudar nas documentações!

Esperamos poder ter ajudado a elucidar suas dúvidas!

//

Newsletter